29 de maio de 2015

3 Tops 3 para o Verão!

Quem já passou por estas bandas sabe de antemão que o que aí vem são produtos baratos!
Não há outra forma, sou uma pechincheira e por aqui só vão ver produtos de boa qualidade e a um preço amiguinho do peito!
Então para hoje, e já sentindo o aroma a fim de semana no ar, venho partilhar convosco 3 Tops com 3 produtos de cada tipo que eu amo usar no verão.

Hidratantes



Penso que nenhum deles é novidade para vocês. Todos acessíveis (o Vasenol e o Dove nos hipermercados e o Nativa Spa nas lojas Boticário) e todos com preços muito acessíveis. 
Quem diz que os cheiros a chocolate remetem para as estações frias não experimentaram o Vasenol Cocoa Radiant depois de um dia de praia ou piscina. O aroma é delicioso mas não se torna demasiado ativo na pele, ficamos apenas a cheirar a doce. Este creme é muito fluido e é fantástico porque deixa um brilho douradinho na pele! Não o largo nunca!


O cheirinho a maracujá da loção cremosa refrescante da Nativa Spa do Boticário já é o típico creme de verão! Cheiro frutado que se aguenta horas no corpo e hidratação leve mas imediata. Absorve bem rapidinho, tem um doseador óptimo e vai deixar-vos super apetitosas!
Para uma hidratação mais profunda (no meu caso, imprescindível nas pernas) já é necessário o Dove Body Milk Deep Care Complex. A sua absorção é mais lenta, é também muito fluido mas o nível de hidratação é muito maior. Este não é um creme para uso tão frequente quanto os outros e é por isso que o adoro. Pela eficácia. 


Tops de Bikini



Difícil escolher 3. Tenho mais partes de cima do que de baixo. Adoro beachwear e todos os anos compro qualquer coisinha.
Adoro padrões. Como tenho o peito pequeno, posso chamar a atenção para esta zona do corpo à vontade que nunca fica muito mal. Sou doida por padrões florais.
O primeiro e terceiro são da Oysho, coleção de 2013. Comprei no mesmo dia porque não me conseguia decidir e ainda bem! Fizeram autênticas maratonas praia-piscina e continuam óptimos!
O de fundo vermelho tem tiras clássicas de suporte amovíveis, o outro tem a fita no meio.



O branquinho veio da H&M por 5€ o ano passado. Pensei que não chegava a setembro mas enganou-me bem! É giríssimo, não sofreu com o cloro das piscinas e na praia muito menos. Este fica para quando já tenho um tom mais douradinho na pele. Tem também as clássicas tiras mas nunca lhas ponho. Gosto assim. Tem um bom suporte e um lacinho fofinho no meio!


Vernizes



Escolher 3 vernizes é impossível. Se fizesse este Top amanhã, se calhar escolheria outros. Mas estes representam bem os meus gostos: glitter, nudes e tons vibrantes!
Estas duas marcas nunca me falharam, sou fiel a elas. A Kiko é super acessível e tem cores lindas! A OPI já não é tão "em conta" mas a qualidade fala por si. 


O nude que aqui vos mostro já é de uma coleção um pouco mais antiga (de 2013, talvez) mas o verniz continua impecável, não secou, não nada. O truque é ir passando na Sephora e aproveitar as promoções, é comum ver vernizes selecionados a 50% do preço.
Aproveitem e dêm vida às vossas mãos! A forma como cuidamos de nós e nos apresentamos diz muito sobre nós. Brilhem!!

Bom fim-de-semana!!!
Um beijo,
MariaDaniela

28 de maio de 2015

Inspiração: Conjuntos de Verão para o trabalho

Sabemos que quando estudamos temos total liberdade para vestirmos o que nos apetecer.
Uns shorts e um crop top? Óptimo! Siga! Um vestido de algodão coladinho ao corpo? Fantástico!
Quando começamos a trabalhar temos de nos conter.

Felizmente nem todos os empregos têm códigos rígidos referentes ao tipo de roupa que os colaboradores podem usar. Noutros sítios, a formalidade leva-nos a ter mais rigor e cuidado na hora de nos prepararmos de manhã.
Como podem ter visto aqui, o meu emprego é um dos exemplos de que por vezes é preciso um blazer e um ar sério.

É-me permitida a expressão da minha personalidade mas com algum cuidado. Coisas como calças com rasgões, ténis, t-shirts ou leggings têm de ficar do lado de fora do edifício.
Então, seguem alguns outfits bem comportadinhos para vos inspirar para o verão que se aproxima a passos largos!

 Adoro este tipo de calças. Se um dia encontrar umas que me fiquem bem, compro todas!! 

 Por ser verão, não deixem as vossas calças pretas a deprimir no armário!

O típico outfit certinho.

 Pops de cor e padrões não ofendem ninguém! Usem e abusem!

As saias com um comprimento adequado são um must! Super fresquinhas.

 E claro, os versáteis macacões. Sofisticados por si só!

Há milhentos modelos :)

Photos from Pinterest


Um beijo,
MariaDaniela

26 de maio de 2015

Os trapinhos de hoje #7

Hoje tive de esquecer a primavera, os passarinhos e a vida em geral.
Hoje foi dia de reunião com a Direção.
Também acho que é interessante mostrar-vos como me visto em situações diferentes, não sei.
Ah! E um thumbs up  para este cabelo que há 7 meses se viu transformado num long bob, em abril voltou a ser vítima da tesoura e já está deste tamanho!
















Detalhe do cinto escondidinho...


Blusa: Mango
Jeggings: H&M
Sandálias: Natura
Blazer: H&M
Cinto: Primark
Carteira: Primark
Brincos e Colar: H&M


Um beijo,
MariaDaniela

25 de maio de 2015

Pedacinhos de fim-de-semana #4

Lazy Saturday. Roupinha confortável para almoço na capital algarvia.


Às vezes é preciso ir matar o bichinho. Doida por sushi!


Gosto mais disto do que malas ou sapatos. 
Em breve, um post sobre este assunto que eu adoro!


Conhecem Ferragudo? Venham daí! Há turismo cultural no Algarve, eu juro!!!


Um beijo,
MariaDaniela



A Maria Daniela em números!

Passou um mês desde que armei a tenda!

A Maria Daniela em números.

Posts: 28
Visualizações do blog: 2790
Comentários do blog: 80 (fora os cerca de 20 que apaguei por acidente...)
Post mais visto: Comprar na feira: O Drama!
Post mais comentado: Os trapinhos de hoje #3

Visualizações no Google+: 48.000
Seguidores no Google+: 12 


Bem, só vos posso agradecer! Os números parecem pequeninos mas para mim são fantásticos!
Pensei que ao fim de um mês teria, sei lá, 100 visualizações. Obrigada por passarem por cá, por comentarem, por voltarem no dia seguinte e no outro!
Assim vale a pena!



Um beijo,
MariaDaniela

22 de maio de 2015

O meu cabelo é liso e fino. E agora? #2

Depois de já aqui vos ter falado dos meus truques na hora de secar o cabelo, desta vez venho contar-vos como a coisa funciona no passo anterior.

Lavar o cabelo!

1º - Cabelos finos tendem a criar oleosidade rapidamente uma vez que perdem volume junto à raíz e passado pouco tempo (este "pouco tempo" é relativo, varia de pessoa para pessoa) já o temos lambidinho, como se trabalhassemos num lagar (nada contra!!!). 
Então, há pelo menos uma vez na vida a tendência a usar os champôs ditos purificantes. Os transparentes, portanto. Limpam em profundidade e prometem um cabelo solto e leve durante 17 anos. 
O grande senão destes champôs é que usados com frequência tendem a secar o cabelo, a torná-lo áspero, frisado, difícil de desembaraçar. 
Não sendo especialista no assunto, penso que uma ideia inteligente é usá-lo por exemplo aos fins de semana, de 5 em 5 lavagens, com uma frequência relativamente baixa. 
Assim limpam o couro cabeludo com eficiência sem o desgastar.
O que eu costumo usar é da Pantene.



2º - Quando temos um cabelo com pouco volume temos também tendência a atirar-nos para champôs que prometam uma pequena juba. Há tempos era o Denso e Abundante da Garnier a deixar o mulherio com os nervos em franja. Estes produtos podem dar uma pequena ajuda no visual do vosso cabelo mas também podem fazer-vos nós que começam bem juntinho à raíz e que vos faz desejar muito uma carecada. A mim ainda me só aconteceu esta última parte.
Então, os produtos que costumo usar ligam-se mais à reparação e proteção dos fios.
Volto a referir a Pantene porque realmente é uma marca em que confio.
Como apenas costumo cortar o cabelo duas vezes por ano (no final do verão e nos meus anos, em abril), tenho que proteger muito bem a minha cabeleira de forma a que não existam pontas espigadas nem palha de aço. A verdade é que a minha cabeleireira fica muito contente comigo porque realmente estas gamas de reparação de danos ajudam a prevenir desgraças.


3º - O condicionador e a máscara deve ir ao encontro das vossas necessidades (hidratação, cabelos pintados, ...). Claro que se utilizarem uma gama de produtos da mesma linha os resultados poderão ser mais notórios mas penso que por aí não há muito onde pegar. Eu costumo gostar de usar condicionadores mais cremosos (e, portanto, mais regeneradores e hidratantes) e muitas vezes o champô dessa gama não me convence, ou vice-versa.

4º - Um truque que agora no tempo quente não custa nada. No final do duche passem os vossos lindos e macios fios de cabelo por água morna ou fria! Para além de vos trazer um boost de brilho, fecha os folículos capilares prevenindo a queda e adiando a produção de óleo. 



Um beijo,
MariaDaniela

21 de maio de 2015

Maria Daniela, a Campónia. (Sorte ou Azar?)

Não sei até que ponto é que vocês têm interesse em conhecer-me a este nível mas vou arriscar.
Sem começar com o "Era uma vez" e tentando evitar clichés, penso que quem me tem vindo a acompanhar já percebeu que eu sou alentejana.

Como nós costumamos dizer: Alentejana MAS do Litoral! Bem a sudoeste, aproveito para fazer publicidade a uma zona fantástica que preserva muito a sua identidade, os seus valores, aquilo que é. (Coisa que infelizmente já não se pode dizer do meu querido e amado Algarve.)
Tive o privilégio de nascer e crescer perto de praias fantásticas, de águas geladas de fazer doer os ossos, de pessoas fantásticas que até partilhariam a alma se pudessem, e do campo.


Aprendi que o leite vem da vaca (e não do pacote) mesmo antes de aprender a falar. Distingo raças de patos e sei qual a melhor altura do ano para se semear alhos. Ando de galochas sempre que for necessário, carrego baldes de água para dar de beber aos animais mas ainda tenho receio de galinhas.


Cresci rodeada de tanta coisa boa. Sou alérgica a quase tudo mas nada me tira do campo.
Às vezes acho que Deus (ou algo semelhante, se existir) demorou mais tempo comigo. Deu-me umas coxas grandes mas abençoou-me com esta vida.
Não sou melhor que ninguém mas encho o peito para dizer que tive uma educação (em casa) fenomenal. Desde pequena com liberdade para fazer, para errar, para controlar o meu próprio percurso escolar, para sair, para comprar. Lá em casa sempre houve orientação mas nunca autoridade. Lá em casa sempre estivemos os três em pé de igualdade. Eu, como filha, com os mesmos direitos e deveres que os meus pais. O respeito que lhes tenho é difícil de expressar. É imenso.
São pessoas modestas. Não têm melhor educação os filhos dos médicos e dos arquitetos. De todo!
Jurei que lhe desamparava a loja assim que pudesse. Quero-os felizes e com direito ao seu merecido descanso. Sem encargos. Vim para o Algarve mas o coração e a pronúncia é de lá.


Ser campónio e viver na cidade é ser mais completo. É conhecer dois mundos. Que sorte!
Vivo em cidades há 5 anos mas não deixo que me mudem, que me tornem citadina (no conceito romântico da palavra). Aproveito o que de melhor se tem aqui, sem dúvida a acessibilidade e a diversidade. Confesso que já se torna difícil imaginar-me a viver fora de um meio urbano. Mas a minha sanidade mental só recupera no campo. Nos pássaros a cantar à janela, nos vizinhos a trazer morangos, tomates ou limões das suas hortas, no palpar, na roupa suja de pó, no silêncio.
Ainda vivia há meses em Faro (para estudar, do alto dos meus 18 anos) e já escrevia:

«(...) Porque aqui ninguém tem nada, nem um refúgio onde a alma repouse calada. (...)»

A opinião mudou um bocadinho. Aqui as pessoas têm muito. Mas há algo de muito precioso que lhes falta naquilo que os rodeia: o conceito de genuino, de virgem, de despretensioso.

Amo muito aquilo que tenho e que contruí.
Se não tivermos orgulho naquilo que somos, pouco mais nos restará :)

Um beijo,
MariaDaniela

20 de maio de 2015

Comprar na feira: O Drama!

O complexo com o que vestimos começa na adolescência e nunca mais desaparece a não ser que contrariemos o estigma.
Lembro-me que quando era miúda fui posta de parte porque não usava roupa da Bershka e da Pull&Bear como as outras raparigas. Como já antes tinha lidado com situações de exclusão, resolvi as coisas de uma forma muito minha (e muito infantil, claro!): comecei a vestir-me de Salsa da cabeça aos pés. Não só fui aceite como até me tornei mais popular na escola.

O raio das marcas tem imenso peso naquilo que pensam de nós. Os critérios vão mudando e na grande parte das vezes só se tornam mais exigentes. Se hoje uso Tiffosi e amanhã tiver um emprego muito bem remunerado espera-se que me mude para a Massimo Dutti e não para a Primark, por exemplo. 
Mas eu gosto de contrariar. Gosto mesmo. 
A minha mãe costuma ir à feira da terra que acontece uma vez por mês. E todos os meses ela encontra coisas para me trazer. Eu adoro!
Ela costuma dizer-me "Com calças e casacos da Salsa, ninguém vai pensar que a camisola é da feira!". Eu quero lá saber!! 
Tenho peças com uma qualidade surpreendente e pelas quais se pagou um preço fantástico. Para mim, a qualidade (em geral) dos artigos da feira é semelhante à dos produtos da Primark, da Bershka, da Stradivarius e afins (nestes afins entram por exemplo aquelas lojas coreanas e chinesas online). Há produtos bons e há produtos maus. 
Já comprei camisolas da Salsa que ganharam buracos ao fim de duas lavagens e paguei um rim por elas. Há produtos maus até em marcas com alguma notoriedade. (Desculpem não comparar com marcas mais high-end mas não tenho produtos muito caros para poder falar...)

Enfim, não estou a dizer para irem todas a correr para a feira mais próxima apenas para não terem vergonha de ir a uma nem de sair de lá com comprinhas! 
Mostro-vos algumas peças que a minha macaquinha me deu (que comprou na feira) e que eu uso muuuito!

Esta camisola já fez dois Invernos e continua ótima! (e não ganha vincos!!!)


Esta foi a última oferta e estou muito curiosa por experimentá-la. Depois partilho convosco.


Este lenço dá vida até às piores segundas-feiras do mundo. Gosto muito!


Leggings para fazer cardio na rua. Duram e duram. 


Um vestido que adoro, com lacinho nas costas e muitas voltas para dar comigo!

Não espero mudar o mundo com este post, mas se puser alguém a pensar de forma um bocadinho mais aberta já fico muito feliz.

Um beijo,
MariaDaniela




19 de maio de 2015

Os trapinhos de hoje #6

Fã assumida de vermelho. Gosto muito de ver esta cor em peles claras.
Nas fotos, o top ficou a parecer laranja. Tentei escurecer a imagem mas a cor continua a não se apresentar como na realidade.
Podem também ficar a pensar que eu sou uma grande corajosa que junta laranja e vermelho que eu não me importo! ahahah 







As sandálias também aqui a parecer laranja.




Jeans: Salsa
Top: Natura
Sandálias: Natura
Carteira: vintage
Colar: H&M
Brincos (estão lá): H&M


Um beijo,
MariaDaniela

18 de maio de 2015

Pedacinhos de fim-de-semana #3


A miúda pegou no bikini vermelho e esticou o couro num areal alentejano.

Toda a gente merece um lugar ao sol. Até a Srª. Retroescavadora, claro!

Junto ao primeiro dia de praia, os primeiros caracóis do ano. Sempre a viver no limite... 

A benção das pastas dos afilhados foi sábado. O orgulho não cabe aqui. 

Somos tão grandes!! Majestosamente Bi! 

Um beijo,
MariaDaniela


15 de maio de 2015

Esfoliantes e Discos de Limpeza


Quem acompanha o blog desde o início sabe (devido a este post) que a minha pele é oleosa e acneica. Não sejam invejosas, eu sei que também queriam mas não é para todas! ahah
Desde os 12-13 anos que luto com isto, já fiz tratamentos bastante caros (para o meu bolso, claro) e agora a situação está mais ou menos controlada.
As borbulhas maiores já são raras e o que mais abunda por aqui são pontos negros e esses só os vêem se estiverem bem pertinho de mim.
Ainda assim, se me der uma de Wild and Free, é claro que volto a ficar assustadora. Então, no que toca a esfoliação tenho estes três meninos para vos mostrar.
O Duo Purifying Scrub e Purifying Pads da Kiko e o Gel Exfoliante da linha Normaderm da Vichy.


O Gel da Vichy diz-se desincrustante de uso diário, não contém sabão, parabenos nem álcool. 
Da primeira vez que o usei estavam muitos cristais esfoliantes junto à tampa, então a sensação ao usá-lo foi de esfregar pedacinhos de vidro na cara. Fiquei toda vermelha e pensei deitá.lo fora. 
Nas seguintes tentativas o gel já tinha os cristais menos concetrados e passei a amá-lo. Tem um aroma muito fresco e os agentes esfoliantes são dispersos no produto. Não é, portanto, um gel muito denso.


Deixa uma sensação de limpeza incrível e a pele muito sequinha, por isso só recomendo este produto a quem tem peles mistas ou oleosas. Faz parte da minha rotina de limpeza e remoção de maquilhagem. Se não o uso todos os dias é porque tenho mais produtos e não quero que a pele se habitue, mas é um óptimo gel esfoliante!


Depois, na Kiko prometiam oferecer-me um Kiss Balm se comprasse dois produtos de cuidado de rosto. Estas promoções apanham-me sempre. Trouxe este esfoliante purificante e também os discos de limpeza purificantes e tonificantes. Este primeiro produto é muito mais denso e é apenas indicado para uma a duas utilizações por semana. Tem textura de areia e promete alisar a pele.
Bem, com um uso tão pouco regular, penso que é difícil ver resultados no que toca ao efeito alisador propriamente dito mas é um facto que reduz o acne!
Para melhorias visíveis, trouxe o companheiro: O Purifying Pads.


Este pacote de 60 discos já é para uso regular, de preferência duas vezes por dia (de manhã e à noite) e promete complementar o efeito do esfoliante e também reduzir a aparência dos poros.
Eu confesso que adoro usar os discos porque são perfeitos para uma limpeza mais profunda e refirma a pele (nota-se a diferença essencialmente ao fim do dia).
Tenho receio que quando for usar os últimos discos eles já estejam um pouco secos mas é um risco que se corre e para evitar essa chatice vou tendo sempre cuidado para manter sempre a embalagem bem fechada e num lugar fresco.
O cheiro deste duo é uma delícia, uma espécie de limão adocicado! (Não imaginem já o cheiro do detergente da loiça, este é muito bom e não tem comparação, ok? ahah)

Enfim, estes três produtos funcionam muito bem comigo. A minha pele anda mais controlada na produção de sebo e os poros na zona das bochechas parecem-me mais disfarçados.
Para além de tudo, estes produtos são muito baratos. Se ficaram curiosas, experimentem!!!

Gel Exfoliante Normadern da Vichy: cerca de 13€ nas farmácias e parafarmácias Well's
Purifying Scrub da Kiko: 6,90€ na Kiko
Purifying Pads: 7,90€ na Kiko.

Um beijo,
MariaDaniela